Bacia do Recôncavo

 

As cinco Concessões de Exploração e Produção da Novapetroleo na Bacia do Recôncavo foram adquiridas durante a 11ª Rodada de Licitações da ANP, em 15 de Maio de 2013. O período exploratório será de até 5 anos e, em caso de descoberta comercial, mais 27 anos de produção. O Programa Exploratório Mínimo (PEM) comprometido pela Novapetroleo junto à ANP é composto por 6 poços exploratórios e 130 km2 de sísmica 3D.


REC-T-84 - área da Concessão 29 Km2
Situado ao sul do Campo de Sauípe, terá como objetivo exploratório a verificação de feições geológicas semelhantes ao campo contíguo ou mesmo sua extensão para dentro do bloco.PEM previsto:
    - 2 poços exploratórios
    - 15,12 km2 de sísmica 3D

REC-T-104 - área da Concessão 30,4 Km2
Este bloco compõe o conjunto de 4 blocos situados ao redor do Campo de Fazenda Santo Estevão e terá sua campanha exploratória dirigida para a identificação de feições geológicas semelhantes à aquele campo ou, ainda, outras como o Campo de Sauípe, situado nos limites geológicos entre a Plataforma de Quiricó a leste, e o baixo de Alagoinhas a oeste.PEM previsto:
    - 1 poço exploratório
    - 15,12 km2 de sísmica 3D
REC-T-105 – área da Concessão 22,9 Km2
Situado sobre a Plataforma de Quiricó, o Campo de Fazenda Santo Estevão encontra-se dentro deste bloco que terá sua campanha exploratória dirigida para a identificação de feições geológicas semelhantes.PEM previsto:
    - 3 poços exploratórios
    - 22,9 km2 de sísmica 3D
REC-T-115 – área da Concessão 28,7 Km2
Dentre os blocos da Novapetroleo este é o único situado dentro da feição geológica conhecida como Baixo de Alagoinhas, onde se espera que os reservatórios produtores estejam a maior profundidade, com chances para também serem produtores de gás.PEM previsto:
    - Não há compromisso de poço exploratório
    - 28,7 km2 de sísmica 3D
REC-T-116 – área da Concessão 31,3 Km2
Este bloco está situado imediatamente ao Sul do campo de Fazenda Santo Estevão e ao norte da falha de Mata-Catu e se situa em uma fronteira geológica entre o baixo de Alagoinhas, e o início da plataforma de Quiricó, na sua porção norte.PEM previsto:
     - Não há compromisso de poços exploratórios
     - 10,16 km2 de sísmica 3D